segunda-feira, 12 de junho de 2017

Pois....

Andamos satisfeitos na nossa, sobretudo porque é a nossa e, por regra, o que nos rodeia se adequa às nossas expectativas. E, mesmo quando desejamos, esse objecto desejado voa da realidade para o que nós desejávamos que fosse, mesmo que isso nos obrigue a afastar da realidade.
E não é que aparece um malandro de um chifrudo que nos obriga a ver a realidade em vez da nossa ilusão? Não podia o imbecil ficar no estupor do sítio onde estava?

Nota: Quem é que tem capacidade para se reenquadrar? É tão mais fácil encontrar um demo, um culpado, um diabo enfim....

Desculpem, mas a realidade é assim. Não como eu quero, mas como ela é.

Sem comentários: