sexta-feira, 23 de junho de 2017

Lições de vida

Escondeu-se nas portas dos fundos da alma e fez-se refém de um remoinho de ideias que rodopiando à volta de si mesmo não permitiam resposta ou solução. O tempo passou e foi estabelecendo pontos de referência nessa turbulência onde, a tempos, repousava a sua confiança. Aos poucos a tranquilidade já só nesse turbilhão encontrava.

Como tudo tem um fim, um anjo desceu, nas suas vestes brancas, e estende uma mão com a pele mais macia e doce, de aromas encantados e aos poucos sacode o atordoamento e trás de volta à pele dessa alma. Sossegada nas asas de algodão repousa, finalmente um sono tranquilo.

Ainda que recuperada, a alma reviverá sempre os fundos e os turbilhões mais vezes que a pele doce e macia do encantamento.

Sem comentários: