sexta-feira, 31 de março de 2017

poema

E aquele grito silencioso
Que apaga todos os sons
Que se propagam como se fossem
Moscas

Sem comentários: