sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Lendo 215

"Não me vejo no espelho em te miro, (...)"
Pedro Tamen, in Rua de Nenhures, Dom Quixote, Lisboa 2013 pág. 19

O que encontrei de belo nesta frase é a possibilidade do poeta entender que, nunca declaração de amor, se sente ausente desse amor, ou seja, que na pessoa amada não se encontra. É a falta da peça que se chama "nós" no amor.

Sem comentários: