domingo, 15 de janeiro de 2017

Lendo 212

"(...)
Meu amor
o verbo amar
não nasce
de fora para dentro."

Maria Luísa de Bívar in Escorpião é mulher, Átrio, Lisboa, 1990, pág 137

Sem mais que possa dizer.

Sem comentários: