domingo, 15 de janeiro de 2017

Lendo 211

"vou desistir de ti.
És-me intermitente.

Preciso de alguém
que embora inútil
esteja presente."
Maria Luísa de Bívar in Escorpião é mulher, Átrio, Lisboa, 1990, pág 133

Isto é, dramaticamente, o resumo de algumas vidas que com quem convivo. Precisam de inúteis com quem convivem. Secaram-se.

Sem comentários: