quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Amanhecer

São sete da manhã,
De um dia de Inverno,
Janeiro já,
Abro a janela
E o dia que se antecipa
Vem como me deitei
Carregado de nuvens cinzentas.
Só que desta feita mais claras,
Mais longínquas
E mais difusas.
Tarda o azul turquesa,
Forte de Sol,
Intenso de certezas.

A mim também.

Sem comentários: