quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Uns nadas

Hoje fiz um pequeno nada.
Apenas um acto de amor...

E, podem crer?
Não é que este se replicou?
E, em outros actos de amor,
Em todos os que tocou,
Reconfirmaram o seu amor
Não por ninguém,
Mas pelo amor.

Sem comentários: