quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Pensamento do dia II

Uma defenestração por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

1 comentário:

Albert Virella disse...

Se forem muitos os que levarem este conselho a pé da letra, a Câmara terá que desviar parte do pessoal que actualmente está dedicando-se, afoitamente, a derrubar árvores, como se fossem inimigas da cidade, e orientar estes efectivos a recolher os que ficaram espatifados no passeio após voarem de janelas, varandas e terraços.