quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Comunicar?

Já não te oiço,
Não mais me dizes
Palavras de sentido
E mais não falas.

E que te importa ?
Se não sentes a solidão
Do que ficas por dizer
E do tudo o que há a ouvir?

Segues, seguindo-te...
Contigo, apenas....
Uma ínfima ilha
Noutro pequeno lago.
Suficiente de ti,
Certa de ti
E cheia disso tudo.

Sem comentários: