quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

A perenidade da opinião

Uma opinião tende a ser um conjunto de juízos que monta um cerco à realidade, transformando esta não numa ambição de pureza intelectual, mas uma justificação emocional. Com o tempo, pela natural evidência dos factos, tudo se reduz a pó, pois todos os juízos emocionais são tão opacos como um vidro transparente.

E que fazer depois? Insistir?

Sem comentários: