segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Um curta

Acordara sem grande motivação para se preocupar com o que vestiria por cima das calças de ganga. Olha-se para o espelho e enquanto penteia despreocupadamente o cabelo vê-se com a camisola de lã apenas. Prefere ir assim a ter que vestir camadas sucessivas de peças de roupa, seja top, camisa, casaco ou o que for. Apenas uma simples camisola de malha.
A ligeireza e tranquilidade com que se veste acaba por se transformar na tónica que o dia lhe foi progressivamente dando.
Ao fim do dia, satisfeita, despiu primeiro as calças e de olhos fechados esperou que umas mãos a ajudassem a tirar a camisa. Teria sido o fim de dia perfeito. Suspirou fundo e com suavidade desceu os finos dedos sobre o seu corpo sentindo o calor morno debaixo da roupa. Abriu o soutiã como quem respira longamente aliviada. Retirou-o pudicamente pelos braços mantendo-se apenas com a camisola. Apenas no espelho se mantinha sozinha.

Sem comentários: