terça-feira, 29 de novembro de 2016

A ruptura

Houve uma ruptura que aproximou dois seres e o tempo manteve-os numa harmonia possível. Tal como o dia sucede à noite e esta ao dia, assim eles se sucederam a si mesmos. Aquilo que os atraía, o magnetismo da mãe natureza, foi-se dissipando, cansando-se das mesmas cargas. Um certo dia, fruto de uma corrente cósmica, um dos pólos afasta-se e faz desaparecer o magnetismo que produzia a força. O dia continuou a suceder à noite e esta ao dia e o mundo voltou a sorrir.

As mudanças são factores de expansão e crescimento. Assim como o tempo muda a todo o instante, também o mundo pode mudar com ele.

Sem comentários: