terça-feira, 18 de outubro de 2016

Até já

Levanta-se e diz:
- Até já!

Tomara que assim fosse.
Que fosses apenas a um qualquer lado,
Tratar de um qualquer assunto
E logo retornasses.
E que, quando chegasses,
Trouxesses toda a saudade que deixaste.

Mas foste depressa.
Rápida e acelerada.
Nem olhaste para trás.

E de que servem
Todas estas palavras
Se quando voltares
Não vais ficar.

Sem comentários: