quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Lendo 188

“o amor é fiel 
à saudade”
(…)
Maria Alexandre Dáskalos, in Do tempo suspenso, Editorial Caminho, Lisboa 1998, pág 9

Sobretudo porque é na saudade que mora o paraíso onde tudo é amor.

Sem comentários: