quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Comunicando

Na estrada onde morámos
Pouco nos víamos
Agora nela passa um rio...
E deixámos de nos poder ver.
Nem às margens chegar.

Sem comentários: