sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Fim

Não há expectativas.
Há erro
E mais erro
E mais erro
E volta a haver erro
E engano também
E preto
E desolação
E erro!
Não há futuro
Porque nada há a futurizar
Tudo é erro

Sem comentários: