quarta-feira, 23 de março de 2016

Poema

Penso em ti
E desejo-te
E logo fico suspenso
Nada há a desejar.
És nada
E não há futuro.

Apenas em mim
Algo se emociona.

Sem comentários: