segunda-feira, 7 de março de 2016

Dúvidas existenciais

Há um modo de andar que só acontece nos extremos da vida.

Descrição: Pernas direitas, pernas direitas e traseiro ligeiramente empinado. ( não confundir com a versão de uma pessoa do continente africano que acabam por abusar no empinar do traseiro). Tronco direito e o peito ligeiramente projectado para a frente. ( e não, não se trata da exibição das suas graças da natureza, mas, e tão somente o colocar os ombros para trás). Pescoço hirto e o queixo projectado. O olhar é feito pela base do olho ( como se tivesse dificuldade em ver e estivesse a ver pelas lentes de ver ao perto.)

Geralmente é o ar emproado que acontece na meninice e na adolescência. Ou então na terceira idade quando elas têm algum poder menor e estão deliciadas a exibi-lo.

Quando se vê noutra qualquer mulher fora destes parâmetros a questão que se coloca é a seguinte: Em qual deles caberá? Numa tardia infância ou numa infantil atitude?

Sem comentários: