quarta-feira, 2 de março de 2016

Cada dia que passa mais certo fico que a democracia é uma das maiores mentiras do homem actual. A singular ideia de que todos podem ou têm aptidão para a decisão é uma mera intenção.

Quando o limite é o limite de cada um pouco mais se pode esperar que o limite do indivíduo. Assim ficamos sempre a perder. O limite é o ilimitado, a saber Deus.

Sem comentários: