quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Vai e parte

Não vás para onde vou
Não corras o meu caminho
São passos pesados
E estrada de amargura

Vira mal possas,
Ilude-te de tudo.
Parte para onde queres
E convence-te desse destino.

Mas, peço-te antes
Não te despeças de mim
Vai, segue o teu caminho
E que aí faças o teu ninho

Sem comentários: