quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Poema com fim

Pensei que podia
Estar aí,
A teu lado,
Contigo...

Surpresa!
A casa não existe,
O mundo cessou,
Não há mais tempo...

Já não há com
Nem sequer e.
Nada há,
Nada fica.

Sem luz,
Sem espaço,
Sem razão...
Só resta a luta?

Sem comentários: