domingo, 29 de novembro de 2015

Lendo 129

"Arrependimento é sinónimo de metanóia." ( meta para lá, depois e nóia conhecimento)
António Telmo, in Aventura Maçónica -  Viagens à volta de um tapete, Zéfrio, Lisboa 2011, pág 30

A questão de sempre do que é ser verdadeiramente. Ser pensamento e ir verificando o que pensamos, como pensamos e as deduções que vamos fazendo e o arrependimento, o reconhecimento do erro, do engano, tem obrigação de nos fazer dar um passo à frente, mesmo que se entre em áreas do desconhecido. É nesse sentido que o verdadeiro arrependimento nos pode abrir portas a novas deduções, a novos conhecimentos, e, a rigor à verdade. Sempre que há arrependimento atingimos novo patamar de verdade. E só nesse caminhar é que poderemos chegar à mais perfeita e completa.

Arrepender é um sinal maior de se ser.

Sem comentários: